Primeiros ônibus elétricos BYD ADL Enviro200EV, em Glasgow

Ônibus elétricos BYD ADL da First Bus irão operar no serviço oficial de transporte para representantes da COP26

A BYD UK e a Alexander Dennis Limited (ADL) anunciaram hoje que sua cliente a First Bus operará o serviço de transporte na COP26, a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, em Glasgow, com uma frota de 22 ônibus não poluentes BYD ADL Enviro200EV.

Primeiros ônibus elétricos BYD ADL Enviro200EV, em Glasgow
Primeiros ônibus elétricos BYD ADL Enviro200EV, em Glasgow

A escolha da First Bus como fornecedor oficial de transporte, segue um processo de licitação conduzido pela Strathclyde Partnership for Transport (SPT) em nome dos governos do Reino Unido e da Escócia. O serviço de ônibus fornecerá um transporte rápido e frequente para todos os representantes presentes no evento, entre o centro da cidade e as zonas Azul e Verde no campus do evento, baseado no site da SSE Hydro e do Centro de Exposições e Conferências da Escócia.

O serviço será totalmente operado pela nova frota da First Glasgow de 22 ônibus BYD ADL Enviro200EV de um andar, totalmente elétricos, produzidos na Escócia pela BYD ADL. Os novos ônibus, que foram parcialmente financiados por meio do projeto de ônibus de baixas emissões, o SULEBS, da Transport Scotland, podem operar a uma distância de até 250 km com carga completa, fornecendo aos representantes, um transporte de última geração durante o evento.

Ônibus elétricos BYD ADL
Da esquerda para a direita: David Wilson (Presidente do Comitê de Operações da Strathclyde Partnership for Transport), Graeme Dey MSP (Ministro escocês dos Transportes) e Duncan Cameron (Diretor Administrativo Interino da First Bus na Escócia).

Paul Davies, Presidente e diretor Administrativo da ADL, disse: “Com a nomeação do First Bus para operar o serviço oficial de transporte com seus novos ônibus elétricos BYD ADL, os representantes da COP26 experimentarão, em primeira mão, a condução suave e o funcionamento silencioso de nossos ônibus de emissão zero. Demonstrando o compromisso da First Bus com as comunidades locais, estes 22 ônibus foram fabricados aqui na Escócia, em nossa fábrica em Falkirk, assim como os próximos 126 veículos, assegurando que o financiamento do governo escocês seja reinvestido localmente”.

Frank Thorpe, Diretor Administrativo da BYD UK, disse: “É uma honra para a BYD estar associada a um evento global tão importante para o meio ambiente com os ônibus elétricos fabricados pela BYD. É especialmente apropriado que estes ônibus 100% elétricos com zero emissões, tenham sido fabricados localmente na Escócia, o que significa que, além de contribuir para proteger o planeta, também estamos apoiando a economia local. A BYD está comprometida com a inovação técnica contínua na mobilidade elétrica, que é fundamental para o futuro do transporte público no Reino Unido. Somos apaixonados por soluções limpas e com zero emissões. Por meio da comprovada tecnologia BYD em baterias elétricas para veículos, e nossa reputação de confiabilidade, estamos extremamente orgulhosos de sermos reconhecidos como o fabricante líder mundial de ônibus elétricos”.

Duncan Cameron, Diretor Administrativo Interino da First Bus na Escócia, disse: “A First Bus Scotland tem o prazer de ter sido escolhida para operar o serviço oficial de ônibus da COP26 e estará trabalhando em estreita colaboração com a SPTe a Transport Scotland para garantir um serviço eficiente para todos os representantes do evento. Como líderes em mobilidade sustentável, estamos totalmente alinhados com as ambições do governo para um sistema de transporte sem emissões de poluentes, incluindo frotas de ônibus. Já nos comprometemos a alcançar esta meta até 2035 e esperamos mostrar isto aos participantes ao longo do evento”.

O financiamento do SULEBS tem como objetivo ajudar os operadores de ônibus a preencher a lacuna entre o custo do diesel e as frotas com emissão zero. A ambiciosa colaboração com a Transport Scotland não só ajudará a First Glasgow a substituir mais 126 dos mais antigos ônibus de sua frota por novos ônibus com emissão zero, mas também ajudará a transformar sua garagem de ônibus Caledônia, no lado sul do centro da cidade. O investimento será convertido em uma das maiores estações de carga da frota elétrica do Reino Unido, com potencial para mais de 150 veículos a serem recarregados de cada vez.

O ministro dos Transportes do governo escocês, Graeme Dey, disse: “Estou realmente satisfeito em ver o projeto SULEB da Transport Scotland ajudando a financiar esta ordem significativa de novos ônibus elétricos como parte de nosso compromisso de cumprir as metas mundiais de mudança climática da Escócia e liderar uma recuperação verde da pandemia. É uma verdadeira história de sucesso que estes ônibus serão fabricados pela ADL em Falkirk – apoiando empregos na fabricação de ônibus e beneficiando a economia em geral antes de entrarem em serviço para as comunidades de toda Glasgow”.

 

Rolar para cima